Notícias

Logística inteligente vencendo os desafios

28 de abril de 2021

O momento pede soluções práticas, rápidas e eficientes. Os custos precisam ser barateados através de processos inteligentes, resultando em economias necessárias para que reinvestimentos sejam viáveis.

Realizar isso tudo só é possível através de um trabalho dedicado de logística, nos aspectos micro e macro do mercado, que, nesses tempos, tem se tornado peça chave para a subsistência do setor varejista.

Integração

Segundo a pesquisa Global Connectedness Index 2020 (GCI), da DHL, “as redes logísticas integradas auxiliaram no fortalecimento dos níveis de comércio em todo o mundo e protegeram as fontes de sustento dos cidadãos”.Em resumo, os grandes players da logística, em sua maioria associados a grandes corporações do comércio internacional, conseguiram, através de um processo de integração, manter a economia de mercado ativa. O varejo, se não respirou aliviado, ganhou a sobrevida suficiente para chegar em 2021 mirando a recuperação de fôlego de suas mais diversas vertentes.

Segundo a pesquisa Global Connectedness Index 2020 (GCI), da DHL, “as redes logísticas integradas auxiliaram no fortalecimento dos níveis de comércio em todo o mundo e protegeram as fontes de sustento dos cidadãos”.

Em resumo, os grandes players da logística, em sua maioria associados a grandes corporações do comércio internacional, conseguiram, através de um processo de integração, manter a economia de mercado ativa. O varejo, se não respirou aliviado, ganhou a sobrevida suficiente para chegar em 2021 mirando a recuperação de fôlego de suas mais diversas vertentes.

Trabalhando com um cenário de boom do comércio virtual em alguns anos, às redes logísticas coube unir forças readaptando cronogramas, reforçando equipes, expandindo centros de atuação e criando novos métodos para atender a atual demanda. E tem obtido sucesso.

O Brasil, por exemplo, foi o país do G20 (grupo das 20 principais economias do mundo) com o maior acréscimo no consumo digital transfronteiriço, tanto para o varejo quanto para o consumidor final.

Um dos maiores segredos para esse acerto da logística tem sido o investimento em aproximar, conectar, as pessoas e as empresas envolvidas em todas as fases desse processo. Essa postura tem incentivado os empresários a também responderem de forma inteligente e, de alguma forma, converter isso em benefícios aos seus clientes. De antemão, é uma forte ferramenta de fidelização em larga escala.

Aprendendo lições

É hora de aprender com os acertos e erros dessa fase desafiadora para as redes logísticas que deságua frontalmente no dia-a-dia do varejo. Estar sempre conectado, buscar integrações e perceber as adaptações necessárias para atender aos consumidores da forma mais assertiva possível são algumas lições importantes. Mirele Mautschke, CEO da DHL Express, se aprofunda sobre.

“Assim, apesar de ter interferido nos negócios e na ordem social, a pandemia, de fato, transformou as relações, pelo menos momentaneamente, e evidenciou nossos desafios. Contudo, foi possível estabelecer uma rápida adaptação nesse processo, que nos deixou mais fortes e preparados para enfrentar estes e novos desafios. Nesse sentido, uma boa cadeia logística é o que nos ajuda a ir mais longe!”, explica Mirele.

Então, que esse aprendizado seja mais um caminho para que o varejo saia desse momento ainda mais forte.

Notícias relacionadas

Retrospectiva 2019

“2019 não foi um ano qualquer. Nem para a ALSR, nem para o Brasil, nem para o mundo. Enfrentamos crises e adversidades e continuamos tocando projetos iniciados pela gestão anterior que este ano saíram do papel.” -Aziz Calife Junior

ver mais