Notícias

Colaboradores capacitados: os protagonistas da adaptabilidade

30 de março de 2021

Na linha de frente do varejo

Quem é a sua loja? Pergunto não “o que” ou “como”, mas sim, QUEM, além de quem a comanda, é coparticipante de seu crescimento, fortalecimento, e popularização entre o público? “Arriscamos” que seja quem lida com quem compra, quem compra de quem fornece, quem supervisiona pra quem chefia, quem publiciza, contabiliza e higieniza, enfim, quem arregaça as mangas e colabora.

Agora, mais do que nunca, os colaboradores tem papel fundamental de leitura e entendimento das atuais realidades do consumo, estando na linha de frente dos processos de adaptabilidade nos empreendimentos.

Todos os segmentos de uma loja, que antecedem ou sucedem a experiência do cliente – até mesmo os que se relacionam indiretamente com ela – se tornaram protagonistas da resistência do varejo, criando, compartilhando e aplicando novas formas das empresas continuarem existindo competitivamente, seja no PDV, nas plataformas virtuais, ou ambos.

Ação e capacitação

Mas, para que essa ação conjunta seja realmente efetiva, os atores precisam estar bem ensaiados, por assim dizer. E, para este fim, o empirismo unicamente não basta. A prática ensina, mas precisa ser acompanhada pelo conhecimento de quem pensa a área, disserta alternativas, desperta mecanismos e habilidades nos colaboradores varejistas.

Ou seja, apesar de todos os esforços baseados na dedução, é preciso que as partes atuantes nesse desafio sejam devidamente capacitadas para buscarem soluções às limitações de cada área. O momento urge e mesmo com as restrições ocasionadas pela persistência da pandemia – ou até, exatamente, por este motivo – é possível alistar colaboradores em processos de treinamento realizados 100% através das ferramentas online.

Um estudo realizado pela Leroy Merlin, gigante mundial do varejo, chegou a uma lista de retornos diretos da capacitação das equipes em uma empresa. Os itens mencionados possuem um poder de reverberação ainda maior mediante na realidade atual dos lojistas. São eles:

Se engana quem, porventura, acredite que apenas os grandes empreendimentos devam ou possam oferecer capacitação para seus colaboradores. Dos menores ao maiores, todos precisam entender que capacitar suas equipes é, talvez, o investimento mais seguro a se fazer nesse momento, com resultados como os supracitados, que podem não surgir da noite para o dia, mas são capazes de fazer uma diferença vital na continuidade das atividades da loja.

Dê exemplo, compartilhe os seus conhecimentos e incentive quem sugere ideias inovadoras para a sua empresa. O processo de capacitação muitas vezes começa antes de dentre para fora, criando uma cultura, para depois se dar de fora para dentro, gerando mais avanços para todos.

Notícias relacionadas

Casa Nova – ALSR

Para melhor atender os lojistas e colaboradores, a ALSR está de casa nova e assim facilitando o acesso ao novo espaço que está incrível.

ver mais