Notícias

Projeção para o varejo em 2020

3 de janeiro de 2020

Em 2020, o comércio deverá registrar o maior avanço anual no volume de vendas em sete anos. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a estimativa é de que haja uma média de aumento de 5,5% no varejo ampliado e cerca de 3% no varejo restrito.

No ano de 2019, a CNC manteve a projeção de alta em média 4,6% no volume de vendas para o varejo ampliado e elevou cerca de 1,7% para 1,9% a expectativa de variação para o volume de vendas no conceito restrito.

Mesmo diante deste cenário, o economista da CNC destaca que o setor completou um semestre de taxas positivas, impulsionado por fatores como inflação baixa, maior demanda por crédito e disponibilização de recursos extraordinários para o consumo, como a liberação do FGTS e do PIS/Pasep.

“Outro fator com potencial para prover sustentabilidade ao atual ritmo de crescimento das vendas, especialmente de bens de consumo durável, é a demanda por crédito por parte das famílias, que tem aumentado muito em função da ampliação dos prazos ao longo do ano”, conclui o economista.

Apesar do setor de varejo ainda ser um dos que menos utiliza a tecnologia no dia a dia, para ajudar a atingir o crescimento esperado e previsto, será essencial que as empresas se adequem a esta realidade, ainda que aos poucos.

Digitalização do pequeno e médio varejo
A maior parte dos profissionais do setor varejista, relaciona inovação com tecnologia, e percebe este ponto como algo muito distante da sua realidade, de difícil acesso e implementação em seu modelo de negócio. Por isso, é importante formar parcerias para melhorar o relacionamento desse público com seus clientes por meio de novas tecnologias, soluções e ferramentas.

Múltiplos canais para vendas
Uma tendência que se apresenta com ainda mais força para 2020, e se conecta com a experiência da loja física, é a estratégia omnichannel. As empresas precisam estar presentes nos diversos canais para melhorar o atendimento aos clientes, já que as experiências de compras digitais e físicas estão cada vez mais próximas. Nesse contexto, é fundamental que os varejistas tenham parceiros logísticos e transportadores de confiança e flexível na implementação de novos serviços.

O crescimento para o setor dos lojistas em 2020 é cada vez mais forte, e alinhado com a tecnologia as vendas do varejo vão se tornar ainda mais assertivas. Prepare sua loja para o aumento no consumo.

Fonte: CNC

Notícias relacionadas

Carteira de trabalho digital: praticidade para lojistas e colaboradores

Sua chegada, ainda de forma tímida no cenário das relações trabalhistas, esconde o grande avanço que representa. A nova carteira de trabalho, agora em versão digital, substitui o tradicional documento de papel e promete facilitar a vida de empregadores e empregados. A Mudança A versão digital da carteira foi lançada em 2017, mas só recentemente […]

ver mais